O trauma do batom vermelho

segunda-feira, agosto 04, 2014

"Para mim é batom de puta e não tem nada que me faça mudar de ideia mas isso é a minha mente e ela não dá para mais", disse a minha colega de trabalho. "De novo com essa cor vermelha horrenda?", perguntou o meu pai. Qual é o trauma, o problema com uma simples cor de batom que sendo universal como é, fica linda em qualquer boca e desperta o lado mais sensual de uma mulher? 
Fica bem em loiras, morenas, ruivas e combina com qualquer tipo de pele branca, vermelha, negra. Fica bem só ele mesmo na boca ou combinado com olhos bem maquilhados. Agora respondam-me, por que razão seria um batom de uma puta? 
Tudo bem, até é aceite que por ser uma cor bem vistosa de batom possa chocar alguns olhares e talvez não seja super adequada para qualquer ocasião e fique melhor em outras... mas dizer que é batom de puta, já é exagerado. Quer dizer-se, agora eu ando com a boca pintada de vermelho e sou uma prostituta? Qualquer dia é um convite a um sexo selvagem, também, não? 
Pessoalmente adoro ver-me de batom vermelho e isso não faz de mim mais uma coisa ou menos outra. É uma pintura nos lábios. Simples assim. Há que mudar a cabecinha de certas pessoas... 
Poxa, vida!


Na foto estou a usar o meu batom vermelho favorito. Amo.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Eu também adoro batom vermelho... :)

    ResponderEliminar
  2. É a minha cor favorita e uso sempre que me apetece, se é batom de puta elas tem um excelente bom gosto, hahaha!! beijão, Anita <3

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário e visita ao meu blogue. ❤ Volta sempre.