terça-feira, novembro 11, 2014

Faleceu um senhor que era cliente habitual aqui do restaurante e, além disso, um amigo de família. Ele já era doente de Parkinson e depois de uma pneumonia o atacar não durou mais de um mês. Tenho que ir prestar condolências à família mas nunca sei o que realmente lhes dizer e sei, claro, que nada do que eu diga possa trazer conforto neste momento. Quase parece inútil, contudo eu comprei uma palma de flores para colocar sobre o caixão e escrevi o nome da família no cartão junto com um "Descanse em paz". Não se pode desejar nada mais que isso.

You Might Also Like

1 comentários

  1. Acho que só ir, estar lá, já vai ajudar um bocadinho a família e os amigos dele.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário e visita ao meu blogue. ❤ Volta sempre.