quinta-feira, novembro 20, 2014


Quando eu era pequena, costumava passar uns dias na casa dos meus avós paternos na aldeia. Ou na casa dos meus tios, na mesma aldeia, na altura do Verão. Sair de casa com os meus primos e ir apanhar amoras ou framboesas por entre o mato era de uma diversão incrível. Comíamos sem lavar, sem assoprar, sem químicos: silvestres. Ainda lembro do sabor meio azedo delas enquanto sentia o sumo se espalhar pela minha boca. Acho que na altura ainda usava vestidos floridos e o cabelo preso em tranças.

Acho que não como framboesas desde aí.

You Might Also Like

4 comentários

  1. Foram raras as vezes que comi framboesas!

    ResponderEliminar
  2. Por acaso nunca foi coisa que comesse muito :)

    ResponderEliminar
  3. Adoro framboesas, mas infelizmente assim "acabadinhas" de apanhar nunca comi.Tenho pena, devem ser fabulosas

    ResponderEliminar
  4. Gosto imenso, lembro-me de comer acabadinhas de apanhar quando era pequena também :)

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário e visita ao meu blogue. ❤ Volta sempre.