Health | Reeducação alimentar

terça-feira, março 24, 2015

Escolhi mudar e seguir um estilo de vida mais saudável. Deu-me um estalo e pus mãos às obras. Quando é para começar, é para começar e eu já conto com mais de 15 dias em que mudei os meus hábitos alimentares e estou, de facto, a reeducar-me. Não gosto de dizer que estou de dieta porque não sinto isso... Digo antes que estou a ensinar-me a comer e esquecer os antigos hábitos.

Eu sou gorda - como vocês sabem - e isso não me incomoda em nada e eu gosto de fazer piadas a respeito de mim mesma, estou bem consciente do meu peso e de cada centímetro do meu corpo; vocês também sabem disso. E os meus exames médicos também demonstram que eu sou saudável. Mas, a longo prazo e devido à obesidade, a minha saúde de hoje em que sou jovem pode estar comprometida à medida que os anos passam.

Descobri como vinha errando ao longo dos anos. Eu nunca fui de comer as chamadas porcarias todas as semanas: as minhas idas a uma pizzaria ou McDonald's estavam reservadas a 2 vezes por ano, por exemplo. Contudo, eu percebi como eu comia muito. A quantidade de comida que eu vinha ingerindo estava a ser demais para o meu gasto calórico diário. Sem falar que eu não dispensava um chocolatito - nem dispenso agora. Era muito arroz, muita massa, pedações de carnes e tudo bem temperado. E a batata frita... a batata frita como acompanhamento de qualquer refeição era quase religiosa. Decidi, então, me controlar. Sem falar nas refeições fora de horas, no petiscar entre elas e esquecer-me de como isso afecta o meu corpo. E é bem visível.

Nesses 17 dias de reeducação alimentar eu reduzi muito à comida e substituí os acompanhamentos de batata e arroz por saladas ou legumes. Um dia ou outro eu lá adiciono 2 colheres de sopa de arroz... mas é isso, 2 colheres e não uma travessa das pequenas que eu estava habituada a comer. 
Quanto ao chocolate - como observei acima - eu decido comer 1 bombom a cada 2 ou 3 dias para saciar a minha vontade de doce e também me permito a uma refeição gorda uma vez a cada 10 dias. E é assim que se muda os hábitos. Em vez de fazer 1 refeição saudável de vez em quando, agora eu faço refeições saudáveis todos os dias e de vez em quando... ponho o pé na jaca.

E ainda não adicionei exercícios, sou sedentária e pronto. O único "exercício" que eu vou fazendo é andar a pé de lá para cá e de cá para lá por ainda não conduzir. Com distâncias grandes eu utilizo o autocarro - como quando vou para a universidade. Talvez isso mude em breve.

Bom, não vou falar de números - nem de centímetros, nem de quilos na balança - mas obviamente eu já vi diferença e isso faz-me continuar. Mas, mesmo que não visse, estou consciente de que estou a alimentar o meu corpo adequadamente e ele vai recompensar-me mais tarde por isso. Sei que sim.

Quem me segue no instagram já deve ter percebido isso pelas fotos que venho postando das minhas refeições. Para quem não segue, deixo aqui alguns exemplos. Vai que eu inspiro alguém? E foco, força e fé para mim, certo? 

1. Carapau grelhado com tomate, cebola e molho verde. 2. Peito de frango grelhado com salada e limão. 3. Pescada grelhada com grelos e 1 ovo cozido. 4. Hambúrguer de perú grelhado com 2 colheres de arroz, tomate e couve bruxelas cozida. 5. Atum ao natural com salada.

You Might Also Like

3 comentários

  1. Tudo tem óptimo aspecto :p

    ResponderEliminar
  2. Estou te acompanhando nessa. Baixei o aplicativo MyFitness qualquer coisa e estou detalhando tudo que como e controlando minha dieta. O legal é que eu percebi que eu normalmente como 0% de Ferro! Nunca tinha me dado conta disso, achei que tava normal mas nem estou. Agora vou ficar mais atenta pra buscar alimentos com mais ferro e balancear melhor a alimentação. Culpa tua. <3

    ResponderEliminar
  3. Já tinha reparado no insta sim senhora! :) Força com isso Catarina!!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário e visita ao meu blogue. ❤ Volta sempre.