Movie | Perdona si te llamo amor

terça-feira, maio 05, 2015

Ontem, sem nada para fazer de noite, assisti o filme "Perdona si te llamo amor". Quando li a sinopse, percebi desde logo que seria um filme que gostaria. Fala sobre o amor. O amor como ele é: verdadeiro e sem barreiras; sejam elas quais forem. A história é de um homem de 37 anos, Alex, que vive com a sua namorada, Elena, há 4 anos e, acomodado, pede-a em casamento convicto de que "encontrou o amor verdadeiro" nela. Mas eu - e todas e todos os românticos da vida - sabemos que o amor verdadeiro, a alma gémea, encontra-se só uma vez na vida e não existe o tempo certo para isso acontecer. Alex, depois de abandonado pela Elena que se assustou com o compromisso, viveu o drama de ficar só, ser deixado por quem amava... até conhecer Niki.
Mas a Niki é uma adolescente de 17 anos e os seus corações falam um com o outro. São 20 anos de diferença... mas e daí?

É isso que "Perdona si te llamo amor" nos demonstra. Uma história linda de um romance que nos faz reflectir sobre o que é o amor: por mais que não haja uma definição concreta para tal.

No ínicio e enquanto assistia, achei a Niki um bocado "despassarada" e atrevida demais... mas, tudo bem, ela tem 17 anos e o seu lado inconsequente fica explicado. A verdade é que aos poucos e mesmo que tenha sido "tão depressa" eu acabei por adorar a história dos dois e apaixonar-me pelo filme. 
O filme é baseado num romance de Federico Moccia "Scusa ma ti chiamo amore". Existe uma adaptação cinematográfica italiana mas eu acabei por ver a espanhola. Quem sabe eu não veja a versão italiana, também?

Recomendo muito. E a banda sonora também é qualquer coisa.

You Might Also Like

6 comentários

  1. Já o tinha agendado na wareztuga para ver um dia destes :)

    ResponderEliminar
  2. Parece ser um filme bonito :)

    ResponderEliminar
  3. Não recomendo absolutamente a versão italiana. É realmente pesima e mal recitada!

    ResponderEliminar
  4. Fiquei curiosa, até porque acredito que não há barreiras para o amor (:

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário e visita ao meu blogue. ❤ Volta sempre.