sexta-feira, julho 31, 2015


Julho não foi o melhor mês deste ano. Esperava mais dele, esperava mais tempo livre, esperava dias de praia e de paz mas tive tumultos e nem cheguei a pisar descalça a areia que tanto gosto. Mas foi um mês onde existe um maior balanço positivo do que negativo e isso é que importa, no final. A minha licenciatura não ficou concluída este mês mas em Setembro e, com uma cadeira para a época especial de exames, pretendo terminar esta bendita. Contudo, fiquei muito feliz pelas notas daquelas em que passei que, mesmo não beirando os 20's - com excepção de Francês - souberam a isso e compensaram o esforço. Fiz vários deslizes nos meus hábitos alimentares mas consegui manter o foco (pois desistir não é uma opção) e, neste mês, embora a perda de peso não tenha sido a mais significativa, fiquei bastante contente com a redução de medidas no meu corpo. Seis centímetros na minha cintura? Foi fantástico. As noites foram melhores este mês, brindadas com tequila e shots de absinto e muita diversão e, por vezes, isto faz falta. Embora eu não seja a louca das noitadas (ou não sou mais como era há uns 4/5 anos atrás), reconheço que adorei sair do bar com os pés trocados e acabar a noite no Grab&Go a comer hambúrgueres. 

Agosto chega logo. Anseio pela praia, pelo alcançar de novos objectivos, pelo resolver de problemas e os tumultos que se geraram no mês velho e pela paciência de me dedicar ao estudo para a derradeira prova de Setembro. E claro, pela paz do meu coração.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Essa paz está para breve! Fico a torcer para que ela chegue :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não conheço esse que estás a ler mas digo-te que 'os olhos...' é muito giro :)

      Eliminar

Obrigada pelo teu comentário e visita ao meu blogue. ❤ Volta sempre.