Relações Internacionais: check

sexta-feira, setembro 11, 2015

Numa altura em que todos falam dos cursos nos quais foram colocados, eu e com todo o orgulho de mim mesma, anuncio que a minha etapa de licenciatura acabou. Consegui. Estou licenciada em Relações Internacionais pela Universidade do Minho. 

Faz pouco mais de um ano que, após ter parado por dois anos os meus estudos para poder trabalhar e juntar dinheiro, fiz a minha candidatura por reingresso e foquei-me no objectivo de finalmente concluir a licenciatura e deixar essa etapa da vida concluída. Foram precisas muitas batidas de martelo na minha cabeça e apoio para me fazer voltar a estudar e perceber que, sim, uma licenciatura faz falta para poder lançar-me no mundo. Foram precisas lágrimas, foi preciso ajuda de pessoas queridas e familiares e foi preciso um comprometimento comigo mesma: eu volto, mas volto para conseguir acabar o curso. Foi o meu primeiro objectivo de 2015: tornar-me licenciada em Relações Internacionais e tenho imenso orgulho em dizer que consegui. Dediquei-me, fui obrigada a conciliar o estudo com o trabalho full-time e só uma tarde de folga e ainda o governar de uma casa. Junto a isso, uma relação à distância marcada pelos fusos horários diferentes e noites mal dormidas e dores no coração. Não foi fácil mas o que eu sinto agora no meu peito é de forma tão gratificante que dei por mim a chorar. Sou assim emotiva como o caraças. 

Ter esta licenciatura marca uma nova etapa na minha vida e eu sinto já as portas todas a abrir-se para mim. Será que procuro um novo emprego, será que deixo os meus pés levar-me a outros lugares e procurar fazer um mestrado em outro país ou será que procuro enriquecer o meu intelecto e mergulho em outra etapa de estudos e procuro fazer novos cursos? Sei apenas que, na mesma situação, não vou ficar. Aprendi que posso e consigo conciliar tudo e que não sou uma mulher de ficar agarrada a uma só coisa e nem sirvo mais para estar parada em casa e à espera que as coisas caiam do céu. Cresci tanto desde Setembro do ano passado; dou valor ao que não dava em antes e sei que esforço pode sim ser compensado. Consegui por mim mesma; trabalhei para pagar este ano do curso e consegui. Construí a entrada para o meu futuro e agora dei o primeiro passo. E assim a caminhada continua... e eu espero que o fim seja ainda mais feliz do que está a ser esta sensação de dever cumprido.

You Might Also Like

5 comentários

  1. Sem palavras pra dizer o tanto que eu estou orgulhosa de ti. Foram precisas muitas marteladas na cabeça mesmo e até brigas de vários lados, mas depois que tu conseguiu visualizar o benefício de ter um diploma, a sua garra para atingir o objetivo foi impressionante. Não só na universidade, mas contigo mesma. Se comprometeu com a reeducação alimentar, está se tornando uma pessoa cada vez mais saudável e preocupada com a saúde. Agora eu já te vejo fazendo planos para o futuro. Lembra da Catarina sem planos? Eu te disse algumas vezes já que eu gostaria de te ver sonhar e fazer planos para o futuro, se propor desafios... E agora eu vejo. E isso me faz feliz. Tenho muito orgulho de ti. Parabéns pelo diploma e por quem você é. Eu te admiro desde que eu te conheci e cada vez tu me dá novas razões para te admirar mais e mais.

    Te amo muito. Quero fazer parte das suas próximas decisões, desafios e conquistas. Espero que na próxima grande conquista a gente saia para beber juntas (provavelmente eu um vinho/cerveja enquanto tu se mantém refinada no Jack Daniels). Ou para comer que também faz o nosso estilo, gordinhas que somos. Você é o meu melhor sonho. Beijo, amor. <3

    ResponderEliminar
  2. Muitos parabéns e desejo-te a maior sorte na tua carreira. Que tenhas muito sucesso.

    ResponderEliminar
  3. Estou tão tão feliz por ti Catarina :D :D :D MUITOSSSSS PARABÉNSSS! Tu mereces :)

    ResponderEliminar
  4. MUITOS PARABÉÉÉÉÉNS!!
    Desejamos-te as maiores sortes e as maiores felicidades!

    - Ela e Ele, do blogue de casal.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário e visita ao meu blogue. ❤ Volta sempre.