Comigo, quem pode

terça-feira, fevereiro 02, 2016

Desde há uns meses para cá que a minha vinda ao blogue tornou-se esporádica e, no último mês, apenas por cá passei um dia. Os motivos? Não sou obrigada. Não sou obrigada a cá vir todos os dias, não sou obrigada a contar tudo o que me acontece e muito menos sou obrigada a manter-me activa. Não trabalho profissionalmente com o blogue - embora já tenha conseguido algumas parcerias através do mesmo - e nem pretendo (pelo menos por agora) fazer da blogosfera o meu ganha-pão. Ora, a minha ausência arrecadou algo que já era inevitável: perdi bastantes seguidores.

Meus caros, não obrigo ninguém a seguir-me assim como não sigo ninguém por obrigação. Sigo quem gosto, se gosto, se me encanta e comento se quero, quando quero e quando posso e não espero retribuição. E quero o mesmo de vocês para comigo. Fico longe das "nhenhenhices" e do "Toma lá, dá cá". Estou-me nas tintas se o número de seguidores baixa ou aumenta já que o meu cantinho por cá é para extravasar através da escrita aquilo que muitas vezes só penso para mim mesma. Se gosto de compartilhar coisas, gosto. Se gosto das visitas? Também. E ter comentários e leitores, também. Mas o número é-me indiferente. Por isso removi desde há uns tempos o Google Friend Connect e tão cedo não pretendo activá-lo - até porque aquilo fica horrível! Até quando o Google não muda o padrão daquilo? Quem quiser que o meu cafofo faça parte do seu feed, deve saber bem como adicioná-lo a este. (E se não souber, tenho todo o gosto em ajudar.)

Será que pareci rude? Não fui. É só um alerta porque sei que muitos dos unfollows que recebi foram dos novos follows que eu não retribuí por estar pseudo-ausente - já que o facto de não ter escrito nada em Janeiro não quer dizer que eu tenha, por si só, abandonado a blogosfera. 

A quem continua comigo, seja por qual motivo for: o meu muito obrigada. Estejam certos que aprecio a vossa companhia.

You Might Also Like

6 comentários

  1. Nunca te vou deixar e acho esses unfollows ridículos. Enfim.
    Apesar de ser teu amigo, bem que poderia não dar um unfollow só por seres minha amiga, sei muito bem o quanto gostas disto e o quanto ''cagas''-desculpem a expressão-para isto dos seguidores. Foste a primeira pessoa que segui e AMIGA és só a melhor blogger, a tua escrita é humilde, fluente, bem organizada... Parabéns por este teu ''cantinho''. Adoro-te

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Awwww, que fofinho que ele anda. O que te picou?
      Saudades, vamos marcar alguma coisinha nem que seja para tentar te fazer gostar de açaí! <3

      Eliminar
  2. és carneiro, como eu, percebo-te bem ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, ainda bem que somos assim! :P

      Eliminar
  3. Concordo tanto contigo. Aliás, ando a questionar seriamente se devo manter o GFC por esse facto, o pessoal segue com o objectivo de ter seguidores de volta e muitas vezes comenta apenas para se divulgar (o que não tem problema, mas já agora dizerem mais do que 3 palavras era agradável quando uma pessoa passa horas a escrever um post). Escrevo por gosto e não por obrigação, mas é bom ter uma comunidade verdadeiramente interessada (e não interesseira). Não acho que tenhas sido rude, foste honesta e percebo mesmo que a situação te aborreça - porque aborrece qualquer um!

    ResponderEliminar
  4. Também andei ausente durante uns agora por cá ando outra vez :) Sempre seguindo aqui o cantinho que gosto tanto :D

    ResponderEliminar

Obrigada pelo teu comentário e visita ao meu blogue. ❤ Volta sempre.